domingo, 21 de junho de 2009

Roer as unhas

Prejuízos: o hábito de roer as unhas é chamado de onicofagia e, além do desastre estético, expõe você a uma série de riscos. Isso porque, levando os dedos à boca, os microorganismos que se acumulam sob as unhas têm acesso ao seu organismo e podem provocar uma série de doenças, desde infecções até verminoses. Você ainda desgasta o esmalte dos dentes, deforma as unhas e, ao retirar a pele em volta delas, machuca os dedos e favorece infecções na região

Como cuidar: você pode prestar atenção e descobrir em que situações sente necessidade de roer as unhas, começando a se policiar. Algumas vezes, a ajuda de um psicólogo é necessária (em uma ou duas sessões, ele já consegue identificar a origem do problema e, se for só isso o que incomoda, você está de alta). Para proteger as unhas, use cremes específicos e tente ir à manicure semanalmente ou sempre que os esmaltes começarem a descascar: dá dó de roer as unhas feitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário